segunda-feira, 6 de julho de 2009

Alcofa antiga em crochet

Uma das gracinhas em crochet que a minha mãe fazia num dos seus raros momentos livres. Lembro-me de a ver a fazer esta alcofa que se destinava a uma pega e como começou a ficar com este formato ela achou por bem dar-lhe este acabamento. Lembro-me de que gostava de fazer trabalhos mais alegres para sair um pouco dos crochets brancos. A cesta das linhas e agulhas estava sempre à mão e ideias e vontade não lhe faltavam. Talvez graças a essa maneira de agir e pensar, foi uma pessoa com muita lucidez até ao final...

6 comentários:

Juliana Noronha disse...

Que lindo trabalho e cheio de lembranças...
Lindo o seu lar e seu jardim, parece um pedao do paraiso.
Adorei conhecer o seu blog.
Um grande abraço
Juliana.

Faniquito disse...

Oii Isabel !!!

Sei bem o quanto especial e precioso são essas artes feita por quem amamos.E gosto de pensar que são "marcas" sempre presentes .

E que lindo e alegre que ficou...gostei imenso.

Tb penso que a mente ocupada e produtiva são grandes aliadas para a saúde da mente.

Desejo que vc tenha uma linda e abençoada semana

Beijinhos cpm carinho

Ana

Leti disse...

Que linda la canastita. Es lindo tener algo especial de alguien que fue importante en nuestras vidas.
Un abrazo

disse...

Despachei suas lembrancinhas ontem, pelo correio, espero que as receba, o polvilho não deu, a receita federal não deixa.Confisca para análise.

disse...

Pode deixar, assim que receber vou tratá-los com os devidos carinhos. Minha filha me chama de dedo verde, é que tenho mania de plantar, acaba nascendo e depois não tenho onde colocar.
Dentro dos papeis (jornais) tem duas sementinhas de pimenta, e um galhinho de Avelos de vaso, esta planta não gosta muito de água. Creio de pega, pois só de cair no chão já enraiza. Bjs.

Anita disse...

Olá!
Ficou muito gira :) A mãe tinha muito jeito!
Beijocas